Universo da Notícia - Sua fonte de notícias na cidade de Santa Helena

Quarta-feira, 19 de Junho de 2024

Notícias Agronegócio

Com safra de soja reduzida, Brasil deve exportar menos em 2024

Consultoria Safras & Mercado traça panorama dos embarques, esmagamento e estoque do grão com base em uma nova realidade de cortes na produção.

Com safra de soja reduzida, Brasil deve exportar menos em 2024
Foto: Jaelson Lucas / Arquivo AEN
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Com a queda na produção, em decorrência do clima desfavorável, principalmente em Mato Grosso, o Brasil deverá exportar menos soja em 2024.

A estimativa de embarques do grão brasileiro são de 95 milhões de toneladas, contra 101,86 milhões em 2023. A previsão faz parte do quadro de oferta e demanda brasileiro, divulgado pela consultoria Safras & Mercado.

No relatório anterior, divulgado em dezembro, as projeções eram de 100 milhões de toneladas para cada uma das temporadas.

Leia Também:

Esmagamento de soja
A empresa indica esmagamento de 54,3 milhões de toneladas de soja em 2024 e de 53,5 milhões de toneladas em 2023, com uma elevação de 1% entre uma temporada e outra.

Em dezembro, as projeções eram de 54 milhões e 53 milhões de toneladas, respectivamente.

Safras projeta importação de 110 mil toneladas em 2024, contra 181 mil toneladas em 2023. Em relação à temporada 2024, a oferta total de soja deverá recuar 4%, passando para 156,77 milhões de toneladas.

A demanda total está projetada pela consultoria em 152,3 milhões de toneladas, recuando 4% sobre o ano anterior. Desta forma, os estoques finais deverão cair 16%, passando de 5,306 milhões para 4,472 milhões de toneladas.

FONTE/CRÉDITOS: Com informações da Agência Safras
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!