Universo da Notícia

Empresa de insumos de Santa Helena é alvo de ladrões

O gerente da empresa não soube precisar o prejuízo deixado pelos marginais.

teste

Vigilantes responsáveis pela segurança de um moinho na Linha Pacuri acionaram a Polícia Militar por volta das 23h30 de ontem para registrar um arrombamento.

No local, o gerente da empresa relatou aos policiais que os ladrões chegaram em um veículo de carga, adentraram o moinho pelo portão lateral, estourando o cadeado, no local eles arrancaram uma câmera de monitoramento e desconectaram outras duas. Já no depósito de insumos os indivíduos arrombaram outro cadeado, dessa vez da porta de entrada que dá acesso a sala cofre onde estavam os insumos agrícolas.

Para adentrar esta sala cofre, eles tiveram que estourar outro cadeado e do local levaram aproximadamente 100 kg de um fungicida.

O gerente não soube informar se foi levado mais insumos, e que só após a contagem para saber ao certo o prejuízo deixado pelos marginais. Diante dos fatos, a equipe policial orientou a vítima sobre os procedimentos cabíveis, e logo após realizou diligencias nas áreas rurais próximas e redondezas, porém sem êxito

Fonte

Da Redação
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Empresa de insumos de Santa Helena é alvo de ladrões

Da Redação

Vigilantes responsáveis pela segurança de um moinho na Linha Pacuri acionaram a Polícia Militar por volta das 23h30 de ontem para registrar um arrombamento.

No local, o gerente da empresa relatou aos policiais que os ladrões chegaram em um veículo de carga, adentraram o moinho pelo portão lateral, estourando o cadeado, no local eles arrancaram uma câmera de monitoramento e desconectaram outras duas. Já no depósito de insumos os indivíduos arrombaram outro cadeado, dessa vez da porta de entrada que dá acesso a sala cofre onde estavam os insumos agrícolas.

Para adentrar esta sala cofre, eles tiveram que estourar outro cadeado e do local levaram aproximadamente 100 kg de um fungicida.

O gerente não soube informar se foi levado mais insumos, e que só após a contagem para saber ao certo o prejuízo deixado pelos marginais. Diante dos fatos, a equipe policial orientou a vítima sobre os procedimentos cabíveis, e logo após realizou diligencias nas áreas rurais próximas e redondezas, porém sem êxito

Parceiros

Publicidade