Universo da Notícia

Exame de DNA confirma que ossada encontrada em mata é de Estáfani Barbosa da Silva

Notícia foi confirmada pelo delegado Geraldo Evangelista.

FOTO: Alex Moreno
teste

Mais de um ano após o desaparecimento da adolescente Estefani Barbosa da Costa, na época com 16 anos de idade, os peritos confirmaram que a ossada encontrada em uma mata próximo da praia de Santa Helena, em fevereiro deste ano, é da jovem desaparecida misteriosamente enquanto voltava para casa após um treino de vôlei no centro da cidade.

A informação foi confirmada pelo delegado do caso, Geraldo Evangelista, que reuniu a imprensa no início da tarde desta segunda-feira (21), para atualizar as informações entorno do inquérito que apura o desaparecimento de Estéfani.

Segundo o delegado, ainda não se tem elementos que possam confirmar a autoria do crime, mas que outros exames periciais feitos no local onde a ossada foi encontrada e também depoimentos que foram colhidos pela polícia, devem auxiliar na elucidação do mistério.

Confira a entrevista de Alex Moreno com o delegado Geraldo Evangelista, para a Rádio Grande Lago AM.

Veja também a matéria do dia em que a ossada foi encontrada;

Fonte

Da Redação
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Exame de DNA confirma que ossada encontrada em mata é de Estáfani Barbosa da Silva

Da Redação

Mais de um ano após o desaparecimento da adolescente Estefani Barbosa da Costa, na época com 16 anos de idade, os peritos confirmaram que a ossada encontrada em uma mata próximo da praia de Santa Helena, em fevereiro deste ano, é da jovem desaparecida misteriosamente enquanto voltava para casa após um treino de vôlei no centro da cidade.

A informação foi confirmada pelo delegado do caso, Geraldo Evangelista, que reuniu a imprensa no início da tarde desta segunda-feira (21), para atualizar as informações entorno do inquérito que apura o desaparecimento de Estéfani.

Segundo o delegado, ainda não se tem elementos que possam confirmar a autoria do crime, mas que outros exames periciais feitos no local onde a ossada foi encontrada e também depoimentos que foram colhidos pela polícia, devem auxiliar na elucidação do mistério.

Confira a entrevista de Alex Moreno com o delegado Geraldo Evangelista, para a Rádio Grande Lago AM.

Veja também a matéria do dia em que a ossada foi encontrada;

Parceiros

Publicidade