Universo da Notícia - Sua fonte de notícias na cidade de Santa Helena

Sabado, 18 de Maio de 2024

Notícias Agronegócio

Exportação de soja não deve chegar a 100 milhões de toneladas em 2024, prevê Safras

Quadro de oferta e demanda da consultoria também faz projeções para as taxas de esmagamento e consumo interno de soja.

Exportação de soja não deve chegar a 100 milhões de toneladas em 2024, prevê Safras
Foto: Jaelson Lucas / Arquivo AEN
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

As exportações de soja do Brasil deverão totalizar 99 milhões de toneladas em 2024, acima dos 98 milhões indicados para 2023.

A previsão faz parte do quadro de oferta e demanda brasileiro, divulgado pela consultoria Safras & Mercado, mostrando estimativa de aumento de 1% entre uma temporada e outra.

Para a empresa, a taxa de esmagamento do grão será 55 milhões de toneladas em 2024 e de 53 milhões de toneladas em 2023, uma elevação de 4% entre uma temporada e outra.

Publicidade

Leia Também:

Já a importação do grão é indicada em 110 mil toneladas em 2024, contra 130 mil toneladas em 2023.

Em relação à temporada 2024, a oferta total de soja deverá aumentar 6%, passando para 168,871 milhões de toneladas. A demanda total está projetada por Safras em 157,7 milhões de toneladas, crescendo 2% sobre o ano anterior.

Desta forma, os estoques finais deverão subir 103%, passando de 5,507 milhões para 11,171 milhões de toneladas.

Farelo e óleo de soja
A produção de farelo de soja será de 42,3 milhões de toneladas em 2024, subindo 4% em relação a 2023, na projeção da consultoria.

As exportações deverão cair 2% para 21,5 milhões de toneladas, enquanto o consumo interno está projetado em 20 milhões, aumentando 8%. Os estoques deverão subir 36% para 3,03 milhões de toneladas.

Já a produção de óleo de soja deverá aumentar 3% para 11,1 milhões de toneladas. O Brasil deve exportar 2,05 milhões de toneladas, queda de 9%.

O consumo interno deve subir 5% para 9 milhões de toneladas. O uso para biodiesel deve aumentar 13% para 4,5 milhões de toneladas. A previsão é de estoques subindo 13% para 615 mil toneladas.

FONTE/CRÉDITOS: Com informações da Agência Safras
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!