Universo da Notícia

Filho de Requião nega que pai tenha se lançado pré-candidato a prefeito de Curitiba

Deputado emitiu nota esclarecendo a situação.

Requião Filho: deputado fez 52 mil votos nas eleições de 2016 para prefeitura de Curitiba (Foto: Orlando Kissner/Alep)
teste

Erro na Linha: #331 :: Undefined variable: publicidadePost
/home/universodanotici/public_html/themes/news_2018/noticia.php

Erro na Linha: #332 :: Undefined variable: publicidadePost
/home/universodanotici/public_html/themes/news_2018/noticia.php

O deputado estadual Requião Filho (MDB) divulgou hoje nota na qual nega que o pai, o ex-senador Roberto Requião, tenha se lançado como pré-candidato à prefeitura de Curitiba nas eleições deste ano. Segundo ele, que foi o candidato do MDB à prefeitura da Capital em 2016, Requião foi procurado por lideranças para lançar seu nome.

“Na última semana, uma comitiva de lideranças procurou Requião, no intuito de convencê-lo a lançar seu nome como pré-candidato, por entender que somente ele representa as bandeiras mais ligadas aos anseios da população”, alega o parlamentar. Segundo ele, “mesmo sem ter se lançado na disputa, tendo seu nome apenas mencionado em uma dezena de matérias de blogs como possível pré-candidato, o cenário político acusou o golpe”. Na avaliação do deputado, isso demonstraria que há um “claro o vácuo que temos de lideranças que sejam facilmente identificadas com seus ideais e suas propostas”.

Segundo o parlamentar, “Requião não colocou seu nome à disposição do partido e ressalto que o partido tampouco procurou Requião”, mas “seu nome surge de maneira fluida e natural”. Requião Filho pondera, entretanto que “para se construir uma candidatura é necessário envolver as pessoas em torno de um projeto, é necessário que exista um mínimo de organização e que o candidato represente a vontade de um grupo e que este caminhe pelo projeto, não movido a vaidades”, e que “sem base, sem fundação e sem um projeto estruturante, uma obra não fica em pé. Não resiste às brisas, muito menos as intempéries”.

Nas eleições de 2016, Requião Filho teve 52.017 votos para a prefeitura de Curitiba, ou 5,6% dos votos válidos, ficando com a quinta maior votação, atrás de Rafael Greca (DEM), Ney Leprevost (PSD), Gustavo Fruet (PDT) e a deputada estadual Maria Victória (PP).

 

Fonte

Bem Paraná
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Filho de Requião nega que pai tenha se lançado pré-candidato a prefeito de Curitiba

Bem Paraná

O deputado estadual Requião Filho (MDB) divulgou hoje nota na qual nega que o pai, o ex-senador Roberto Requião, tenha se lançado como pré-candidato à prefeitura de Curitiba nas eleições deste ano. Segundo ele, que foi o candidato do MDB à prefeitura da Capital em 2016, Requião foi procurado por lideranças para lançar seu nome.

“Na última semana, uma comitiva de lideranças procurou Requião, no intuito de convencê-lo a lançar seu nome como pré-candidato, por entender que somente ele representa as bandeiras mais ligadas aos anseios da população”, alega o parlamentar. Segundo ele, “mesmo sem ter se lançado na disputa, tendo seu nome apenas mencionado em uma dezena de matérias de blogs como possível pré-candidato, o cenário político acusou o golpe”. Na avaliação do deputado, isso demonstraria que há um “claro o vácuo que temos de lideranças que sejam facilmente identificadas com seus ideais e suas propostas”.

Segundo o parlamentar, “Requião não colocou seu nome à disposição do partido e ressalto que o partido tampouco procurou Requião”, mas “seu nome surge de maneira fluida e natural”. Requião Filho pondera, entretanto que “para se construir uma candidatura é necessário envolver as pessoas em torno de um projeto, é necessário que exista um mínimo de organização e que o candidato represente a vontade de um grupo e que este caminhe pelo projeto, não movido a vaidades”, e que “sem base, sem fundação e sem um projeto estruturante, uma obra não fica em pé. Não resiste às brisas, muito menos as intempéries”.

Nas eleições de 2016, Requião Filho teve 52.017 votos para a prefeitura de Curitiba, ou 5,6% dos votos válidos, ficando com a quinta maior votação, atrás de Rafael Greca (DEM), Ney Leprevost (PSD), Gustavo Fruet (PDT) e a deputada estadual Maria Victória (PP).

 

Parceiros

Publicidade