Universo da Notícia

Homem corre 60 quilômetros pedindo duplicação da BR 277

Falcão irá completar o desafio pela terceira vez em menos de 10 anos.

REPRODUÇÃO CATVE
teste
Para chamar a atenção de autoridades para a duplicação da BR 277 entre Matelândia e Cascavel, o morador de Foz do Iguaçu fará o trajeto correndo 60 quilômetros pela rodovia.

Jocemir Falcão, mais conhecido como Falcão Balboa de 52 anos, fará o percurso com uma equipe e para Stefani Dias, nora de Falcão e apoiadora da causa, o principal motivo para fazer esse desafio é a quantidade de vidas perdidas em acidentes nesse trajeto.

Mas, essa não é a primeira vez que o corredor faz o desafio. Falcão irá completar o percurso pela terceira vez pedindo pela duplicação da rodovia. O corredor espera fazer o trajeto com tempo de 7h45.

O objetivo é chamar a atenção das autoridades para a importância da duplicação da rodovia.

Falcão ainda acredita que a intervenção deveria acontecer não apenas entre Cascavel e Matelândia, mas em toda a extensão da BR 277.

Motivado pela atitude do pai, o filho de Falcão também abraçou a causa e irá correr um pedaço do trajeto ao lado dele.

Para Stefani, a negligência no trânsito é o principal fator para o aumento no número de mortes e o pedido de duplicação deve ser uma causa abraçada por todos.
 

teste 3
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Homem corre 60 quilômetros pedindo duplicação da BR 277

Para chamar a atenção de autoridades para a duplicação da BR 277 entre Matelândia e Cascavel, o morador de Foz do Iguaçu fará o trajeto correndo 60 quilômetros pela rodovia.

Jocemir Falcão, mais conhecido como Falcão Balboa de 52 anos, fará o percurso com uma equipe e para Stefani Dias, nora de Falcão e apoiadora da causa, o principal motivo para fazer esse desafio é a quantidade de vidas perdidas em acidentes nesse trajeto.

Mas, essa não é a primeira vez que o corredor faz o desafio. Falcão irá completar o percurso pela terceira vez pedindo pela duplicação da rodovia. O corredor espera fazer o trajeto com tempo de 7h45.

O objetivo é chamar a atenção das autoridades para a importância da duplicação da rodovia.

Falcão ainda acredita que a intervenção deveria acontecer não apenas entre Cascavel e Matelândia, mas em toda a extensão da BR 277.

Motivado pela atitude do pai, o filho de Falcão também abraçou a causa e irá correr um pedaço do trajeto ao lado dele.

Para Stefani, a negligência no trânsito é o principal fator para o aumento no número de mortes e o pedido de duplicação deve ser uma causa abraçada por todos.
 

Parceiros

Publicidade