Universo da Notícia

Notícias Policial

Homem é morto dentro de casa após ser filmado beijando criança

A polícia investiga o caso.

Homem é morto dentro de casa após ser filmado beijando criança
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Um homem de 41 anos foi morto a tiros dentro de casa, noite de terça-feira (23), em Itaquiraí (MS) após um vídeo em que ele beija uma criança de seis anos vir a público.

“Na terça, por volta de 12h começou a circular um vídeo que um homem dando um beijo na boca de uma criança, o nosso serviço de investigação começou a analisar. Foram identificadas as pessoas, demos início a investigação e acionamos o Conselho Tutelar”, disse o delegado Eduardo Lucena.

O vídeo foi gravado, no domingo (21), durante um passeio de barco no rio Paraná. As imagens mostram que o homem beija a criança na boca. Na sequência, olha sorrindo para filmagem e dá outro beijo, desta vez na cabeça da criança, que estava sem a parte de cima da roupa.

Conforme a polícia, logo após a mãe da criança postou o vídeo nas redes sociais, porém excluiu depois de ser alertada por colegas. Lucena explicou que o material ganhou repercussão em Itaquiraí na terça-feira (23).

"Depois que tomamos ciência do vídeo, na terça, descobrimos quem era o casal e o interrogamos. Confirmamos a autoria, mas não foram presos em flagrante. Ainda na terça, após o interrogatório, entramos com pedido de prisão preventiva deste homem, porém, à noite ele morreu", detalha.

O delegado que investiga o caso comentou que o homem convivia com a mãe da vítima há pouco mais de quatro meses. À polícia, o homem admitiu ter beijado a menor.

A menina, junto com outras duas crianças - filha e irmã da mãe que gravou o vídeo - foram acolhidas pelo Conselho Tutelar, em Itaquiraí. As três menores de idade seguem abrigadas em uma instituição, até decisão judicial.

Investigação
Com o assassinato do homem, a polícia de Itaquiraí está nas ruas em diligências para localizar os suspeitos. Para o delegado há dois suspeitos.

Em relação do abuso sofrido pela criança, a polícia investiga a participação da mãe, já que foi ela quem gravou o homem beijando a menor. Em depoimento, a mãe da menina confirmou que é autora do vídeo.

FONTE/CRÉDITOS: G1
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!