Universo da Notícia

Homem é preso após tentar estuprar a própria mãe

Conforme a mulher, seu filho é usuário de entorpecentes.

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando
teste

Erro na Linha: #425 :: Undefined variable: publicidadePost
/home/universodanotici/public_html/themes/news_2018/noticia.php

Erro na Linha: #425 :: Trying to access array offset on value of type null
/home/universodanotici/public_html/themes/news_2018/noticia.php

Erro na Linha: #426 :: Undefined variable: publicidadePost
/home/universodanotici/public_html/themes/news_2018/noticia.php

Erro na Linha: #426 :: Trying to access array offset on value of type null
/home/universodanotici/public_html/themes/news_2018/noticia.php

Um homem foi preso no início da manhã de segunda-feira (16), por volta das 6h30, após agredir e tentar atos sexuais contra a própria mãe, no Bairro Campo de Aviação, em Faxinal no Paraná.

Conforme consta no boletim de ocorrências da Polícia Militar (PM), a equipe foi acionada via celular informando um caso de lesão corporal.  

No local conversado com a mulher que estava muito nervosa e chorando muito, ela relatou que o filho é usuário de entorpecentes. Contou que ao amanhecer sem motivo algum, o filho começou a lhe agredir apertando o pescoço, dando murros. Ele também fez ameaça de morte e tentou realizar atos sexuais contra ela.

Diante dos fatos e a vontade de representar criminalmente contra o suspeito, foi dada voz de prisão e encaminhado as partes até a 53ª Delegacia Regional de Polícia.

teste 3

Fonte

TN Online
  • COMPARTILHE

Homem é preso após tentar estuprar a própria mãe

18/11/2020 19:53


Um homem foi preso no início da manhã de segunda-feira (16), por volta das 6h30, após agredir e tentar atos sexuais contra a própria mãe, no Bairro Campo de Aviação, em Faxinal no Paraná.

Conforme consta no boletim de ocorrências da Polícia Militar (PM), a equipe foi acionada via celular informando um caso de lesão corporal.  

No local conversado com a mulher que estava muito nervosa e chorando muito, ela relatou que o filho é usuário de entorpecentes. Contou que ao amanhecer sem motivo algum, o filho começou a lhe agredir apertando o pescoço, dando murros. Ele também fez ameaça de morte e tentou realizar atos sexuais contra ela.

Diante dos fatos e a vontade de representar criminalmente contra o suspeito, foi dada voz de prisão e encaminhado as partes até a 53ª Delegacia Regional de Polícia.

Fonte: TN Online

Publicidade