Universo da Notícia

Homem é preso com arma e munições em Santa Helena

Homem foi preso após ameaçar o pai, mulher e atirar contra vizinho.

teste

Erro na Linha: #331 :: Undefined variable: publicidadePost
/home/universodanotici/public_html/themes/news_2018/noticia.php

Erro na Linha: #332 :: Undefined variable: publicidadePost
/home/universodanotici/public_html/themes/news_2018/noticia.php

Moradores do Bairro Parque Verde entraram em contato com a Polícia Militar de Santa Helena por volta das 18h30 deste sábado (8), relatando que um indivíduo, bastante conhecido no meio policial, estaria ameaçando sua esposa e seu pai e eu, inclusive, teria efetuado disparos de arma de fogo contra seu vizinho. Ainda, segundo os relatos, após a confusão o indivíduo teria se evadido do local em um veículo Chevrolet Chevette de cor branca e que estaria com sua esposa no interior do veículo.

De posse das informações uma equipe iniciou diligências na tentativa de localizar o autor dos disparos e o veículo, quando avistou o veículo citado na denúncia. De imediato os policiais realizaram a abordagem através de sinal luminoso e sonoro, o que foi acatado pelo condutor que estacionou o veículo, na sequência foi dado voz de abordagem e em busca pessoal no condutor foi localizado em sua cintura um revólver calibre 32 com 06 munições da marca CBC deflagradas, ao vistoriar os bolsos, foi localizado no bolso esquerdo munições intactas de calibre 32, 380 e 38 (que após contabilizadas totalizaram em 09 munições de calibre 32 marca CBC, duas munições calibre 380 marca PMC, duas munições de calibre 38 marca PMC e uma munição de calibre 38 marca Aguila). Diante dos fatos foi dada voz de prisão ao elemento que também foi informado de seus direitos constitucionais.

Segundo a polícia, ao saber de sua prisão o indivíduo ficou nervoso e diante da agitação do detido a equipe visando resguardar a integridade física da equipe e do detido utilizou-se de algemas para conter o homem.

Em conversa com a esposa do preso, esta confirmou as informações repassadas por populares, relatando também que o vizinho também teria apontado uma arma de fogo contra seu marido, a qual parecia ser uma arma longa.

O preso, a esposa, a arma, as munições e o veículo apreendido foram encaminhados a Delegacia de Polícia local para providências, após entrega na DP local dos envolvidos esta equipe deslocou até a residência do referido vizinho, que indagado sobre os fatos relatou que quando visualizou o homem que havia acabado de ser preso, discutindo com o pai e a esposa, teria gritado mandando ele respeitar o pai, que diante desta ação o autor com arma de fogo em punho veio até a residência do vizinho e efetuou um disparo na sua direção, que neste momento estava em pé na área da frente, porém o disparo não o acertou.

O homem contou a polícia que ao perceber a ação correu para o interior da residência, enquanto o autor dos disparos teria retornado para casa, quando saia no portão da residência do vizinho este efetuou mais cinco disparos, porém não soube precisar a direção dos disparos pois estava no interior da residência.

Ao ser indagado se teria interesse em representar, relatou ter medo de sofrer represálias por parte do autor motivo pelo qual optou por não representar. Os policiais também perguntaram se o homem teria arma de fogo na residência este negou, sendo solicitado a este para realizar uma vistoria no interior da residência o que foi prontamente atendido que franqueou a entrada da equipe. No interior da residência nenhum ilícito foi encontrado, somente o projetil do disparo efetuado pelo vizinho, o qual foi apreendido e encaminhado a DP local. Os outros projeteis não foram localizados, o vizinho foi orientado quanto os procedimentos.

Após coleta de dados foi deslocado até a residência do preso e em conversa com seu pai, este relatou que seu filho chegou do trabalho nervoso e estes começaram a discutir e que seu filho teria discutido e ameaçado a ele e a esposa porém, não teria interesse em representar contra seu filho, foi solicitado a este para realizar uma averiguação na residência o que foi prontamente atendido, que após realizar as buscas nenhum ilícito foi encontrado, diante da negativa em representar foi apenas orientado.

Em consulta ao sistema operacional foi constatado que o preso não possui CNH ou PPD para conduzir veículo sendo este notificado no Art 162 i e 163c/c 162 i do CTB.

Fonte

Da Redação
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Homem é preso com arma e munições em Santa Helena

Da Redação

Moradores do Bairro Parque Verde entraram em contato com a Polícia Militar de Santa Helena por volta das 18h30 deste sábado (8), relatando que um indivíduo, bastante conhecido no meio policial, estaria ameaçando sua esposa e seu pai e eu, inclusive, teria efetuado disparos de arma de fogo contra seu vizinho. Ainda, segundo os relatos, após a confusão o indivíduo teria se evadido do local em um veículo Chevrolet Chevette de cor branca e que estaria com sua esposa no interior do veículo.

De posse das informações uma equipe iniciou diligências na tentativa de localizar o autor dos disparos e o veículo, quando avistou o veículo citado na denúncia. De imediato os policiais realizaram a abordagem através de sinal luminoso e sonoro, o que foi acatado pelo condutor que estacionou o veículo, na sequência foi dado voz de abordagem e em busca pessoal no condutor foi localizado em sua cintura um revólver calibre 32 com 06 munições da marca CBC deflagradas, ao vistoriar os bolsos, foi localizado no bolso esquerdo munições intactas de calibre 32, 380 e 38 (que após contabilizadas totalizaram em 09 munições de calibre 32 marca CBC, duas munições calibre 380 marca PMC, duas munições de calibre 38 marca PMC e uma munição de calibre 38 marca Aguila). Diante dos fatos foi dada voz de prisão ao elemento que também foi informado de seus direitos constitucionais.

Segundo a polícia, ao saber de sua prisão o indivíduo ficou nervoso e diante da agitação do detido a equipe visando resguardar a integridade física da equipe e do detido utilizou-se de algemas para conter o homem.

Em conversa com a esposa do preso, esta confirmou as informações repassadas por populares, relatando também que o vizinho também teria apontado uma arma de fogo contra seu marido, a qual parecia ser uma arma longa.

O preso, a esposa, a arma, as munições e o veículo apreendido foram encaminhados a Delegacia de Polícia local para providências, após entrega na DP local dos envolvidos esta equipe deslocou até a residência do referido vizinho, que indagado sobre os fatos relatou que quando visualizou o homem que havia acabado de ser preso, discutindo com o pai e a esposa, teria gritado mandando ele respeitar o pai, que diante desta ação o autor com arma de fogo em punho veio até a residência do vizinho e efetuou um disparo na sua direção, que neste momento estava em pé na área da frente, porém o disparo não o acertou.

O homem contou a polícia que ao perceber a ação correu para o interior da residência, enquanto o autor dos disparos teria retornado para casa, quando saia no portão da residência do vizinho este efetuou mais cinco disparos, porém não soube precisar a direção dos disparos pois estava no interior da residência.

Ao ser indagado se teria interesse em representar, relatou ter medo de sofrer represálias por parte do autor motivo pelo qual optou por não representar. Os policiais também perguntaram se o homem teria arma de fogo na residência este negou, sendo solicitado a este para realizar uma vistoria no interior da residência o que foi prontamente atendido que franqueou a entrada da equipe. No interior da residência nenhum ilícito foi encontrado, somente o projetil do disparo efetuado pelo vizinho, o qual foi apreendido e encaminhado a DP local. Os outros projeteis não foram localizados, o vizinho foi orientado quanto os procedimentos.

Após coleta de dados foi deslocado até a residência do preso e em conversa com seu pai, este relatou que seu filho chegou do trabalho nervoso e estes começaram a discutir e que seu filho teria discutido e ameaçado a ele e a esposa porém, não teria interesse em representar contra seu filho, foi solicitado a este para realizar uma averiguação na residência o que foi prontamente atendido, que após realizar as buscas nenhum ilícito foi encontrado, diante da negativa em representar foi apenas orientado.

Em consulta ao sistema operacional foi constatado que o preso não possui CNH ou PPD para conduzir veículo sendo este notificado no Art 162 i e 163c/c 162 i do CTB.

Parceiros

Publicidade