Universo da Notícia

Homem encontrado morto em Santa Helena usava nome falso e era procurado pela polícia

O corpo de Ademilson Sabino Lopes estava entre pedras dentro de uma mata.

Divulgação

A Polícia Civil de Santa Helena foi acionada na manhã desta sexta-feira (9), para se deslocar até a comunidade de Linha Santo Antônio, no distrito de Sub- sede, onde segundo informações havia um cadáver em adiantado estado de putrefação, ocultado em meio a pedras, em uma mata.

No local os policiais confirmaram a informação, bem como foram informados por populares, que o corpo poderia ser de um individuo conhecido como Ademir Gabriel, o “Missa”, o qual teria desaparecido entre segunda e terça-feira, desta semana.

Cinco cartuchos deflagrados de espingarda calibre 12 foram encontrados próximo do local onde o corpo foi encontrado.

O IML foi acionado e recolheu o cadáver que em seguida passou pelo procedimento de identificação. Segundo os peritos, o morto na verdade se chama Ademilson Sabino Lopes e possuía mandado de prisão em aberto pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte).

A polícia abriu inquérito para investigar o caso e, segundo informações, já possui dois suspeitos de participação no assassinato.

Em breve novas informações.

Fonte

Da Redação
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Homem encontrado morto em Santa Helena usava nome falso e era procurado pela polícia

Da Redação

A Polícia Civil de Santa Helena foi acionada na manhã desta sexta-feira (9), para se deslocar até a comunidade de Linha Santo Antônio, no distrito de Sub- sede, onde segundo informações havia um cadáver em adiantado estado de putrefação, ocultado em meio a pedras, em uma mata.

No local os policiais confirmaram a informação, bem como foram informados por populares, que o corpo poderia ser de um individuo conhecido como Ademir Gabriel, o “Missa”, o qual teria desaparecido entre segunda e terça-feira, desta semana.

Cinco cartuchos deflagrados de espingarda calibre 12 foram encontrados próximo do local onde o corpo foi encontrado.

O IML foi acionado e recolheu o cadáver que em seguida passou pelo procedimento de identificação. Segundo os peritos, o morto na verdade se chama Ademilson Sabino Lopes e possuía mandado de prisão em aberto pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte).

A polícia abriu inquérito para investigar o caso e, segundo informações, já possui dois suspeitos de participação no assassinato.

Em breve novas informações.

Publicidade