Universo da Notícia

Jovens moradoras de Santa Helena são presas com cocaína em Santa Catarina

Segundo a PRF, a droga foi encontrada no carro onde as moças estavam.

PRF
teste

Erro na Linha: #331 :: Undefined variable: publicidadePost
/home/universodanotici/public_html/themes/news_2018/noticia.php

Erro na Linha: #332 :: Undefined variable: publicidadePost
/home/universodanotici/public_html/themes/news_2018/noticia.php

Uma moça de 21 anos, que estuda medicina no Paraguai e uma jovem, natural de Santa Catarina, de 19 anos, foram presas em flagrante por tráfico, nesta terça-feira (18), na BR-386, em Sarandi, no Noroeste do Rio Grande do Sul, conforme a Polícia Rodoviária Federal.

Os nomes delas não foram divulgados pela polícia. Ao G1, a PRF informou que a jovem apresentou carteirinha de uma universidade paraguaia. As duas são moradoras de Santa Helena, no Paraná, e uma delas alegou que frequenta o curso no país vizinho.

Elas estavam em um Gol, com placas do Paraná, que pertence ao pai da estudante de medicina. As duas foram abordadas durante fiscalização e os agentes desconfiaram da atitude delas.

Os 20,6 kg da droga foram encontrados no tanque de combustível do veículo, divididos em tabletes.

Elas foram encaminhadas para registro da ocorrência na Polícia Civil e levadas ao presídio de Sarandi.

Fonte

G1
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Jovens moradoras de Santa Helena são presas com cocaína em Santa Catarina

G1

Uma moça de 21 anos, que estuda medicina no Paraguai e uma jovem, natural de Santa Catarina, de 19 anos, foram presas em flagrante por tráfico, nesta terça-feira (18), na BR-386, em Sarandi, no Noroeste do Rio Grande do Sul, conforme a Polícia Rodoviária Federal.

Os nomes delas não foram divulgados pela polícia. Ao G1, a PRF informou que a jovem apresentou carteirinha de uma universidade paraguaia. As duas são moradoras de Santa Helena, no Paraná, e uma delas alegou que frequenta o curso no país vizinho.

Elas estavam em um Gol, com placas do Paraná, que pertence ao pai da estudante de medicina. As duas foram abordadas durante fiscalização e os agentes desconfiaram da atitude delas.

Os 20,6 kg da droga foram encontrados no tanque de combustível do veículo, divididos em tabletes.

Elas foram encaminhadas para registro da ocorrência na Polícia Civil e levadas ao presídio de Sarandi.

Parceiros

Publicidade