Universo da Notícia

Mais de dois mil títulos foram cancelados em Santa Helena

Justiça Eleitoral publicou no último dia 16 de janeiro a lista com os nomes dos eleitores irregulares.

teste

Erro na Linha: #331 :: Undefined variable: publicidadePost
/home/universodanotici/public_html/themes/news_2018/noticia.php

Erro na Linha: #332 :: Undefined variable: publicidadePost
/home/universodanotici/public_html/themes/news_2018/noticia.php

A Justiça Eleitoral promoveu no ano passado em todo o Brasil vários mutirões nos Fóruns Eleitorais para a realização do recadastramento biométrico. Eleitores de todas as regiões do país foram convocados a comparecer nos cartórios eleitorais para proceder a atualização dos dados e realizar a biometria.

A tecnologia da biometria usa um banco de digitais para evitar que uma pessoa se passe por outra no momento da votação. A urna só é liberada quando o leitor biométrico identifica as impressões digitais do cidadão.

Os eleitores que pertencem a 129ª Zona Eleitoral, como sede em Santa Helena e abrange ainda outros dois municípios; Diamante do Oeste e Entre Rios do Oeste, deveriam ter realizado o procedimento até o final de 2019. Conforme dados enviados à Justiça Eleitoral e homologados no último dia 16 de janeiro, mais de dois mil eleitores deixaram de fazer o recadastramento, somente no município de Santa Helena. Em Entre Rios do Oeste o número de cancelamentos ultrapassou a casa dos 300 títulos e em Diamante do Oeste, município com menos de quatro mil eleitores, o número de faltosos ficou acima dos 500, como informou Catior Henrique Pitt, diretor do Cartório Eleitoral de Santa Helena, em entrevista a Rádio Grande Lago.

Fonte

Da Redação
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Mais de dois mil títulos foram cancelados em Santa Helena

Da Redação

A Justiça Eleitoral promoveu no ano passado em todo o Brasil vários mutirões nos Fóruns Eleitorais para a realização do recadastramento biométrico. Eleitores de todas as regiões do país foram convocados a comparecer nos cartórios eleitorais para proceder a atualização dos dados e realizar a biometria.

A tecnologia da biometria usa um banco de digitais para evitar que uma pessoa se passe por outra no momento da votação. A urna só é liberada quando o leitor biométrico identifica as impressões digitais do cidadão.

Os eleitores que pertencem a 129ª Zona Eleitoral, como sede em Santa Helena e abrange ainda outros dois municípios; Diamante do Oeste e Entre Rios do Oeste, deveriam ter realizado o procedimento até o final de 2019. Conforme dados enviados à Justiça Eleitoral e homologados no último dia 16 de janeiro, mais de dois mil eleitores deixaram de fazer o recadastramento, somente no município de Santa Helena. Em Entre Rios do Oeste o número de cancelamentos ultrapassou a casa dos 300 títulos e em Diamante do Oeste, município com menos de quatro mil eleitores, o número de faltosos ficou acima dos 500, como informou Catior Henrique Pitt, diretor do Cartório Eleitoral de Santa Helena, em entrevista a Rádio Grande Lago.

Parceiros

Publicidade