Universo da Notícia

PF prende casal por receptação, posse de armas e munições, uso de documento falso e contrabando

O auto de prisão em flagrante foi lavrado na Delegacia de Polícia Federal em Foz do Iguaçu.

Policiais federais da Delegacia de Polícia Federal em Foz do Iguaçu realizaram a prisão de um casal em São Miguel do Iguaçu.

Após investigações que já estavam sendo realizadas há cerca de duas semanas, os policiais encontravam-se em diligências quando o indivíduo investigado chegava em sua residência, momento em que foi abordado.

Em sua residência, foram encontrados um veículo clonado que era utilizado para a prática de assaltos, bem como arma, munições, coletes balísticos, bala clava, aparelho para dificultar o sinal telefônico das vítimas e coldres.

A suspeita é que o homem, que foi preso, faça parte de um grupo especializado em roubos na região. Sua esposa também foi presa.

Sua forma de agir consistiria em utilizar-se de um acessório comum no meio policial para viaturas descaracterizadas, o giroflex, abordando as vítimas enquanto se passava por integrante de alguma força de segurança, quando na verdade seu objetivo era roubá-las.

Ambos irão responder por receptação, posse de armas e munições, uso de documento falso e contrabando.

O auto de prisão em flagrante foi lavrado na Delegacia de Polícia Federal em Foz do Iguaçu.

 

 
teste 3

Fonte

Com informações da Polícia Federal
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

PF prende casal por receptação, posse de armas e munições, uso de documento falso e...

Com informações da Polícia Federal

Policiais federais da Delegacia de Polícia Federal em Foz do Iguaçu realizaram a prisão de um casal em São Miguel do Iguaçu.

Após investigações que já estavam sendo realizadas há cerca de duas semanas, os policiais encontravam-se em diligências quando o indivíduo investigado chegava em sua residência, momento em que foi abordado.

Em sua residência, foram encontrados um veículo clonado que era utilizado para a prática de assaltos, bem como arma, munições, coletes balísticos, bala clava, aparelho para dificultar o sinal telefônico das vítimas e coldres.

A suspeita é que o homem, que foi preso, faça parte de um grupo especializado em roubos na região. Sua esposa também foi presa.

Sua forma de agir consistiria em utilizar-se de um acessório comum no meio policial para viaturas descaracterizadas, o giroflex, abordando as vítimas enquanto se passava por integrante de alguma força de segurança, quando na verdade seu objetivo era roubá-las.

Ambos irão responder por receptação, posse de armas e munições, uso de documento falso e contrabando.

O auto de prisão em flagrante foi lavrado na Delegacia de Polícia Federal em Foz do Iguaçu.

 

 

Parceiros

Publicidade