Universo da Notícia

Procon de Toledo faz alerta sobre o Golpe da Lista Telefônica aplicado na região

Empresário, vítima dos estelionatários, gastou mais de R$ 12 mil.

teste
O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Toledo faz um alerta a população sobre o golpe da lista telefônica que está sendo aplicado na cidade. Na semana passada, dois empresários procuraram o órgão para denunciar a prática criminosa.

Os golpistas fazem contato telefônico com a empresa informando se tratar apenas de uma atualização cadastral de dados no Google.

Posteriormente mandam um contrato com letras minúsculas, que o gestor da empresa assina de boa fé sem se atentar para as cláusulas. Após a assinatura do contrato, a empresa é desobrigada a apresentar a cópia da gravação telefônica e passa a executar o contrato à vista, ameaçando protestar o CNPJ da empresa e até mesmo judicializar a cobrança, ameaçando de tomar os bens da empresa e até mesmo de seus proprietários. Os golpistas ainda cobram valores absurdamente elevados para rescisão contratual. No último caso atendido pelo Procon, a vítima chegou a pagar quase R$ 12 mil em caráter de multa rescisória.


Fica o alerta para que empresários não assinem qualquer tipo de contrato desta natureza, sem que antes consultem o Procon Toledo, preferencialmente pessoalmente e de posse da cópia do contrato, ainda sem assinar, para que possamos fazer uma análise e posterior orientação ao empresário.


SERVIÇO

Telefones do Procon 3277-7555 e 3252-1076.

Fonte

Catve
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Procon de Toledo faz alerta sobre o Golpe da Lista Telefônica aplicado na região

Catve
O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Toledo faz um alerta a população sobre o golpe da lista telefônica que está sendo aplicado na cidade. Na semana passada, dois empresários procuraram o órgão para denunciar a prática criminosa.

Os golpistas fazem contato telefônico com a empresa informando se tratar apenas de uma atualização cadastral de dados no Google.

Posteriormente mandam um contrato com letras minúsculas, que o gestor da empresa assina de boa fé sem se atentar para as cláusulas. Após a assinatura do contrato, a empresa é desobrigada a apresentar a cópia da gravação telefônica e passa a executar o contrato à vista, ameaçando protestar o CNPJ da empresa e até mesmo judicializar a cobrança, ameaçando de tomar os bens da empresa e até mesmo de seus proprietários. Os golpistas ainda cobram valores absurdamente elevados para rescisão contratual. No último caso atendido pelo Procon, a vítima chegou a pagar quase R$ 12 mil em caráter de multa rescisória.


Fica o alerta para que empresários não assinem qualquer tipo de contrato desta natureza, sem que antes consultem o Procon Toledo, preferencialmente pessoalmente e de posse da cópia do contrato, ainda sem assinar, para que possamos fazer uma análise e posterior orientação ao empresário.


SERVIÇO

Telefones do Procon 3277-7555 e 3252-1076.

Parceiros

Publicidade