Universo da Notícia

Produtores devem se cadastrar para receber benefício de inseminação artificial

O cadastramento inicia na próxima semana e será realizado na Secretaria de Agricultura.

Na manhã desta sexta-feira (11), a Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Santa Helena promoveu um encontro com a presença de técnicos veterinários do município e representantes da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná – ADAPAR, para discutir sobre o cadastramento de inseminação artificial.

O programa já é ofertado no município e o objetivo do encontro com as empresas prestadoras de serviço é regularizar e melhorar o atendimento oferecido pela administração.

Conforme o diretor de pecuária, Volnei Grade, o município através do programa oferece até 900 inseminações e o cadastro visa o controle dos produtores atendidos.

“Junto com a ADAPAR iremos realizar o cadastramento dos produtores do município. Por isso, pedimos que o produtor compareça até a ADAPAR e retire a sua certidão de exploração pecuária e venha até a Secretaria de Agricultura para fazer o seu cadastro, para que tenha direito as inseminações. Não portando a certidão, o município não irá ofertar o benefício”, comenta Volnei.

O cadastramento inicia na próxima semana e será realizado na Secretaria de Agricultura. As inseminações que já estão sendo realizadas não serão paralisadas enquanto houver o cadastramento.

Maiores informações podem ser obtidas através do telefone 3268-8292.

Fonte

Assessoria
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Produtores devem se cadastrar para receber benefício de inseminação artificial

Assessoria

Na manhã desta sexta-feira (11), a Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Santa Helena promoveu um encontro com a presença de técnicos veterinários do município e representantes da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná – ADAPAR, para discutir sobre o cadastramento de inseminação artificial.

O programa já é ofertado no município e o objetivo do encontro com as empresas prestadoras de serviço é regularizar e melhorar o atendimento oferecido pela administração.

Conforme o diretor de pecuária, Volnei Grade, o município através do programa oferece até 900 inseminações e o cadastro visa o controle dos produtores atendidos.

“Junto com a ADAPAR iremos realizar o cadastramento dos produtores do município. Por isso, pedimos que o produtor compareça até a ADAPAR e retire a sua certidão de exploração pecuária e venha até a Secretaria de Agricultura para fazer o seu cadastro, para que tenha direito as inseminações. Não portando a certidão, o município não irá ofertar o benefício”, comenta Volnei.

O cadastramento inicia na próxima semana e será realizado na Secretaria de Agricultura. As inseminações que já estão sendo realizadas não serão paralisadas enquanto houver o cadastramento.

Maiores informações podem ser obtidas através do telefone 3268-8292.

Publicidade