Universo da Notícia - Sua fonte de notícias na cidade de Santa Helena

Sabado, 18 de Maio de 2024

Notícias Policial

Tio é preso suspeito de abusar sexualmente da sobrinha de 14 anos e tenta levá-la para motel, diz polícia

Segundo a polícia, ele deu R$ 10 para vítima não relatar abusos.

Tio é preso suspeito de abusar sexualmente da sobrinha de 14 anos e tenta levá-la para motel, diz polícia
Divulgação/PCPR
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Um homem de 51 anos foi preso em flagrante suspeito de abusar sexualmente da própria sobrinha, que tem 14 anos, de acordo com a Polícia Civil. A delegada Renata Batista afirmou que o tio ainda deu R$ 10 para a menina não relatar o crime e ofereceu R$ 30 para levar a vítima a um motel.

O caso aconteceu na terça-feira (26) em Carambeí, nos Campos Gerais do Paraná.

A denúncia foi feita à delegacia pela própria menina, via WhatsApp. Ela relatou aos policiais que tinha sofrido um abuso sexual do tio na casa em que mora e que o homem tinha acabado de sair da residência e estava mandando mensagens oferecendo R$ 30 para levá-la a um motel.

Publicidade

Leia Também:

“De acordo com os agentes, ao chegaram ao local, a vítima se encontrava sozinha no interior da residência. Ela foi ao encontro dos policiais chorando muito e narrando que o tio tinha acabado de abusar dela, bem como estava lhe encaminhando mensagens naquele momento”, conta a delegada da Polícia Civil.

O homem foi encontrado e preso em flagrante.

“Foram apreendidos o celular do investigado, com mensagens sexuais encaminhadas à vítima, e o valor de R$ 10, dado pelo autor à sobrinha, para que ela não contasse a ninguém”, informa Renata.

Durante o interrogatório, o suspeito negou os crimes.

Ele foi levado ao Departamento de Polícia Penal (Depen) de Castro.

O suspeito foi autuado pelos crimes de importunação sexual e favorecimento à exploração sexual de adolescente, informa a delegada.

Como denunciar
A polícia reforça que pessoas que tenham conhecimento da prática de algum crime contra criança ou adolescente façam denúncias.

As denúncias podem ser feitas de maneira anônima, pelos telefones 197, da Polícia Civil, ou 181 do Disque Denúncia.

Se a violência estiver ocorrendo naquele momento, a orientação é que a pessoa acione a Polícia Militar, por meio do 190.

Em Carambeí, denúncias também podem ser feitas pelo WhatsApp (42) 3231-1738, da Delegacia Civil.

FONTE/CRÉDITOS: G1
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!