Universo da Notícia

Três pessoas são detidas na praça de pedágio de Céu Azul com produtos contrabandeados

Carregamento, avaliado em cerca de US$ 2 mil, seria levado até Colombo, na região de Curitiba.

Catve

Três pessoas foram detidas pelo BPFron (Batalhão de Polícia de Fronteira), no fim da noite de quinta-feira (10), ao serem flagradas transportando produtos contrabandeados do Paraguai. A abordagem aconteceu na BR 277, na praça de pedágio de Céu Azul.

Os suspeitos, um rapaz de 22 anos, e duas mulheres, de 43 e 49 anos, eram ocupantes de um Chevrolet Corsa, abordado pelo BPFron durante fiscalização de rotina. No veículo, os militares encontraram cerca de 300 caixas de essência para narguilé, essências para cigarro eletrônico, além de 20 caixas de cigarro.

O trio relatou aos policiais que pagou US$ 2 mil - pouco mais de R$ 7 mil -pelos produtos, que seriam entregues em Colombo, na região metropolitana de Curitiba. O jovem de 22 anos disse ainda que receberia R$ 250 pelo transporte.

Os suspeitos, que são moradores de Curitiba, foram encaminhados a 15ª SDP (Subdivisão Policial), em Cascavel, e liberados após prestarem depoimento. Já os produtos apreendidos foram encaminhados ao depósito da Receita Federal.

Fonte

Catve
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Três pessoas são detidas na praça de pedágio de Céu Azul com produtos contrabandeados

Catve

Três pessoas foram detidas pelo BPFron (Batalhão de Polícia de Fronteira), no fim da noite de quinta-feira (10), ao serem flagradas transportando produtos contrabandeados do Paraguai. A abordagem aconteceu na BR 277, na praça de pedágio de Céu Azul.

Os suspeitos, um rapaz de 22 anos, e duas mulheres, de 43 e 49 anos, eram ocupantes de um Chevrolet Corsa, abordado pelo BPFron durante fiscalização de rotina. No veículo, os militares encontraram cerca de 300 caixas de essência para narguilé, essências para cigarro eletrônico, além de 20 caixas de cigarro.

O trio relatou aos policiais que pagou US$ 2 mil - pouco mais de R$ 7 mil -pelos produtos, que seriam entregues em Colombo, na região metropolitana de Curitiba. O jovem de 22 anos disse ainda que receberia R$ 250 pelo transporte.

Os suspeitos, que são moradores de Curitiba, foram encaminhados a 15ª SDP (Subdivisão Policial), em Cascavel, e liberados após prestarem depoimento. Já os produtos apreendidos foram encaminhados ao depósito da Receita Federal.

Publicidade