Universo da Notícia

Vereador pede revogação do título de Cidadão Honorário de Beto Richa

O título foi aprovado em dezembro de 2011.

teste

O vereador de Francisco Beltrão, Professor Aires Tomazoni (MDB) apresentou nesta segunda-feira (11), projeto de lei para revogar o título de cidadão honorário concedido ao ex-governador Beto Richa (PSDB). O título foi aprovado em dezembro de 2011, mas sem nunca chegou a ser marcada a cerimônia de entrega da comenda.

De acordo com o vereador, após as notícias envolvendo Richa em casos de corrupção e desvio de verba pública, o ex-governador não tem mais “condição política, moral e ética” para continuar com a honraria. O título, segundo o Professor Aires Tomazoni, só deve ser entregue apenas à “pessoas ilustres que pela retidão da conduta e probidade estão presentes em toda a vida do homenageado”.

O vereador ainda afirma que os investimentos feitos pela sua gestão frente ao Governo do Estado foram ações inerentes ao cargo. “Não são privilégios do município e sim obrigação do detentor do cargo de governador investir em melhorias no território paranaense”.

Fonte

Da Redação/ Assessoria
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Vereador pede revogação do título de Cidadão Honorário de Beto Richa

Da Redação/ Assessoria

O vereador de Francisco Beltrão, Professor Aires Tomazoni (MDB) apresentou nesta segunda-feira (11), projeto de lei para revogar o título de cidadão honorário concedido ao ex-governador Beto Richa (PSDB). O título foi aprovado em dezembro de 2011, mas sem nunca chegou a ser marcada a cerimônia de entrega da comenda.

De acordo com o vereador, após as notícias envolvendo Richa em casos de corrupção e desvio de verba pública, o ex-governador não tem mais “condição política, moral e ética” para continuar com a honraria. O título, segundo o Professor Aires Tomazoni, só deve ser entregue apenas à “pessoas ilustres que pela retidão da conduta e probidade estão presentes em toda a vida do homenageado”.

O vereador ainda afirma que os investimentos feitos pela sua gestão frente ao Governo do Estado foram ações inerentes ao cargo. “Não são privilégios do município e sim obrigação do detentor do cargo de governador investir em melhorias no território paranaense”.

Parceiros

Publicidade