Universo da Notícia

Punição a Abel é a mesma que gerou polêmica com Gallardo; Conmebol avalia retirá-la para 2020

Campeão com River também foi suspenso por atraso na volta do intervalo, mas descumpriu decisão diante do Grêmio.

Punição idêntica a que gerou a polêmica invasão de vestiário de Marcelo Gallardo, do River Plate, no ano passado, em duelo contra o Grêmio, e, muito provavelmente com os dias contados. O artigo que tirou Abel Braga da partida contra a LDU, quarta-feira, será revisto para a Libertadores de 2020.

Para o duelo de Quito, no entanto, não há o que fazer, e o treinador não terá acesso a seus jogadores em nenhum momento no estádio Casablanca. A ordem é isolamento total e Abelão acompanhará o duelo de um camarote. O procedimento é o mesmo que foi infringido pelo técnico argentino.

Na ocasião, no jogo de volta da Libertadores do ano passado, Gallardo foi punido pelo River demorar na volta para o segundo tempo na derrota por 1 a 0 para o mesmo Grêmio no Monumental de Nuñez. Assim como o Flamengo, o clube era reincidente por atrasos nas quartas de final, contra o Independiente.

Punições ao River Plate e Gallardo, entre elas por atraso na volta do intervalo — Foto: GloboEsporte.comPunições ao River Plate e Gallardo, entre elas por atraso na volta do intervalo — Foto: GloboEsporte.com

Punições ao River Plate e Gallardo, entre elas por atraso na volta do intervalo — Foto: GloboEsporte.com

 

A desvantagem no placar também em Porto Alegre, por sua vez, fez com que Gallardo tomasse uma medida extrema, ignorasse a punição e fosse ao vestiário orientar seus comandados durante o intervalo. O episódio gerou muita polêmica, os gremistas ameaçaram pedir anulação da partida e o treinador teve pena agravada ficando fora das duas finais contra o Boca Juniors.

O artigo que imputa aos treinadores responsabilidade pelo atraso seja no início das partidas ou na volta do intervalo não é novidade de 2018 no regulamento da Libertadores, mas já foi questionado. A decisão ficará a cargo dos 16 clubes que avançarem para as oitavas de final.

Punições ao River Plate e Gallardo, entre elas por atraso na volta do intervalo — Foto: GloboEsporte.comPunições ao River Plate e Gallardo, entre elas por atraso na volta do intervalo — Foto: GloboEsporte.com

Punições ao River Plate e Gallardo, entre elas por atraso na volta do intervalo — Foto: GloboEsporte.com

 

A desvantagem no placar também em Porto Alegre, por sua vez, fez com que Gallardo tomasse uma medida extrema, ignorasse a punição e fosse ao vestiário orientar seus comandados durante o intervalo. O episódio gerou muita polêmica, os gremistas ameaçaram pedir anulação da partida e o treinador teve pena agravada ficando fora das duas finais contra o Boca Juniors.

O artigo que imputa aos treinadores responsabilidade pelo atraso seja no início das partidas ou na volta do intervalo não é novidade de 2018 no regulamento da Libertadores, mas já foi questionado. A decisão ficará a cargo dos 16 clubes que avançarem para as oitavas de final.

Sem Abel no banco de reservas, o Flamengo visita a LDU nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), em Quito, pela quinta rodada do Grupo D. Com nove pontos, o Rubro-Negro lidera a chave no saldo de gols em disputa com o Peñarol: 7 a 4.

Fonte

Globo Esporte
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Parceiros

Veja também

Análise: versátil como Gerson, Flamengo se adapta aos meios para chegar sempre ao fim campeão
23Mai

Análise: versátil como Gerson, Flamengo se adapta aos meios para chegar sempre ao fim campeão

Expulsão precoce de Arão apresenta cenário incomum.

Athletico goleia o Londrina na abertura da terceira rodada do Paraense
23Mai

Athletico goleia o Londrina na abertura da terceira rodada do Paraense

Furacão chega a 100% de aproveitamento no Paranaense.

Futebol: Toledo e União empatam pela segunda rodada do Paranaense
23Mai

Futebol: Toledo e União empatam pela segunda rodada do Paranaense

O próximo compromisso do Toledo será no domingo (26), a partir das 16h contra o PSTC, em Cornélio Procópio.

Segunda rodada do Paranaense 2020 começa nesta quarta (22)
23Mai

Segunda rodada do Paranaense 2020 começa nesta quarta (22)

No fim de semana foram 12 gols marcados na soma dos seis primeiros confrontos.

Publicidade