Universo da Notícia - Sua fonte de notícias na cidade de Santa Helena

Sabado, 18 de Maio de 2024

Futebol Chelsea

Sem Tuchel, Chelsea encara Al Hilal e tenta manter domínio europeu no Mundial de Clubes

Único do continente a perder título nos últimos 14 anos, time inglês tem desfalque do técnico em semifinal contra sauditas.

Sem Tuchel, Chelsea encara Al Hilal e tenta manter domínio europeu no Mundial de Clubes
Havertz, Thiago Silva e Mason Mount em treino do Chelsea na véspera de semifinal com o Al Hilal — Foto: Matthew Childs/Reuters
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Único europeu a perder um Mundial de Clubes nos últimos 14 anos, o Chelsea inicia, nesta quarta-feira, a sua segunda tentativa de conquistar esse título inédito em sua história. O atual campeão da Liga dos Campeões enfrenta o Al Hilal, no estádio Mohammed Bin Zayed, em Abu Dhabi, para decidir quem enfrenta o Palmeiras na decisão de sábado.

Em sua única experiência anterior no Mundial, o Chelsea perdeu a final de 2012 para o Corinthians, por 1 a 0. De todos os europeus que disputaram o torneio no atual formato sob organização da Fifa, o time londrino é o único que não a conquistou. Liverpool e Barcelona também perderam em suas primeiras participações, mas levariam a taça posteriormente.

Mas o atual Chelsea tem apenas um remanescente daquela derrota para o Corinthians: o zagueiro e lateral Azpilicueta. E tentou valorizar a segunda oportunidade de conquistar a única taça que o clube não tem.

– Estou muito motivado. Em 2012, doeu muito, e é a única competição que o clube não conquistou. Vencer pela primeira vez pelo clube é enorme, temos que fazer disso tudo para nós – declarou o capitão dos Blues, em entrevista coletiva.

Mas o Chelsea tem mais problemas além da lembrança ruim de 2012. Afinal, está sem seu técnico. Thomas Tuchel testou positivo para Covid-19 no último fim de semana e não comanda a equipe contra o Al Hilal. O húngaro Zsolt Low, auxiliar do alemão, reitera que está em constante contato com o treinador.

– Sim, estamos conversando constantemente com Thomas (Tuchel). Tivemos várias reuniões juntos. Usamos chamadas de vídeo o tempo todo durante o dia. Nós gravamos o treino, enviamos para ele, pensamos nas reuniões e sobre os oponentes. Discutimos nossas ideias ao longo do dia, temos boas conversas. Tentamos fazer como se ele estivesse conosco – afirmou Zsolt.

O goleiro Mendy chegou aos Emirados Árabes apenas na noite de terça-feira após participar da festa de Senegal pela conquista da Copa Africana de Nações e é dúvida. Mason Mount sofreu uma pancada no último jogo do Chelsea e também tem presença incerta. O lateral Reece James viajou por último para Abu Dhabi, mas ainda se recupera de lesão na panturrilha e deve seguir fora.

O Al Hilal faz a sua segunda semifinal de Mundial e tenta chegar à decisão pela primeira vez. E com outro feito inédito: uma eliminação de europeu nessa fase. O técnico português Leonardo Jardim não tem desfalques no time e deve repetir a escalação que goleou o Al Jazira por 6 a 1.

O treinador campeão francês pelo Monaco em 2016/17 prometeu manter o estilo agressivo do Al Hilal e não deixou de também fazer uma crítica ao privilégio da classificação direta à semifinal para europeus e sul-americanos.

– Alguns times jogam quatro partidas em oito dias, outros jogam apenas duas. Os jogos deviam ser remarcados para que os times pudessem ter mais dias de descanso. Sabemos que campeões europeus como Chelsea e Liverpool têm mais chances de ganhar, são favoritos ao títulos e ainda têm mais dias de descanso .

Prováveis escalações:

 

  • AL HILAL: Al Maiouf; Abdul Hamid, Hyun-Soo, Ali Bulaihi, Al Shahrani; Kanno, Cuellar; Marega, Matheus Pereira, Al Dawsari; Ighalo
  • CHELSEA: Kepa; Azpilicueta, Thiago Silva, Rudiger, Alonso; Kovacic, Kante, Jorginho; Werner, Lukaku, Ziyech
FONTE/CRÉDITOS: Globo Esporte
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!