Universo da Notícia

Coligação de Zado e Dinho protocolam impugnação da candidatura de Copatti

O candidato do MDB foi cassado pela Câmara de Vereadores em 2018.

teste

A coligação partidária “Santa Helena Segue Em Frente”, formada pelos partidos PSD, DEM, PDT, PP, REPUBLICANOS e PTB, que tem como candidatos a prefeito e vice o atual prefeito, Evandro Grade, o Zado, e Clademar Maraskin, o Dinho, ajuizou na Justiça Eleitoral pedido de impugnação do pré-candidato a prefeito de Santa Helena Airton Atônio Copatti, do MDB, da coligação "Santa Helena de Todos", que tem como pré- candidato a vice, o empresário Lenecir Benacchio.

A coligação autora justificou o pedido alegando o fato do pré-candidato ter sido cassado pela Câmara Municipal de Vereadores em 2018, e por isso se tornado inelegível pelos próximos 8 anos, conforme determina a lei nas inelegibilidades, conforme argumentação da coligação "Santa Helena Segue Em Frente".

A defesa de Copatti já foi citada e tem o prazo de 7 dias para apresentar defesa sendo que na sequência, após manifestação do Ministério Público, o Juiz Eleitoral emitirá sentença pela procedência ou não da impugnação.

A possibilidade da cassação do registro de candidatura de Copatti vem sendo debatida no meio político desde 2018, quando foi cassado por 6 votos a 3 pelo Legislativo. Nos bastidores nomes de lideranças como Paulo Mocelin, Leandro Soethe são cogitados para uma possível substituição do ex- prefeito.

Outros nomes que poderão encabeçar a chapa com Banacchio são dos vereadores Julio Morandi e Edson Wamms. Julio já foi prefeito por duas oportunidades e foi derrotado em outras três eleições que disputou. Edson está cumprindo o segundo mandato como vereador.

teste 3

Fonte

Da Redação
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Coligação de Zado e Dinho protocolam impugnação da candidatura de Copatti

Da Redação

A coligação partidária “Santa Helena Segue Em Frente”, formada pelos partidos PSD, DEM, PDT, PP, REPUBLICANOS e PTB, que tem como candidatos a prefeito e vice o atual prefeito, Evandro Grade, o Zado, e Clademar Maraskin, o Dinho, ajuizou na Justiça Eleitoral pedido de impugnação do pré-candidato a prefeito de Santa Helena Airton Atônio Copatti, do MDB, da coligação "Santa Helena de Todos", que tem como pré- candidato a vice, o empresário Lenecir Benacchio.

A coligação autora justificou o pedido alegando o fato do pré-candidato ter sido cassado pela Câmara Municipal de Vereadores em 2018, e por isso se tornado inelegível pelos próximos 8 anos, conforme determina a lei nas inelegibilidades, conforme argumentação da coligação "Santa Helena Segue Em Frente".

A defesa de Copatti já foi citada e tem o prazo de 7 dias para apresentar defesa sendo que na sequência, após manifestação do Ministério Público, o Juiz Eleitoral emitirá sentença pela procedência ou não da impugnação.

A possibilidade da cassação do registro de candidatura de Copatti vem sendo debatida no meio político desde 2018, quando foi cassado por 6 votos a 3 pelo Legislativo. Nos bastidores nomes de lideranças como Paulo Mocelin, Leandro Soethe são cogitados para uma possível substituição do ex- prefeito.

Outros nomes que poderão encabeçar a chapa com Banacchio são dos vereadores Julio Morandi e Edson Wamms. Julio já foi prefeito por duas oportunidades e foi derrotado em outras três eleições que disputou. Edson está cumprindo o segundo mandato como vereador.

Parceiros

Publicidade