Universo da Notícia

Comitê se manifesta sobre suspensão da convocação de inscritos no Auxílio Emergencial solicitada pelo MDB

O Comitê de Acompanhamento de Situações Emergenciais é formado por representantes da Sociedade Civil Organizada.

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando
teste

Erro na Linha: #425 :: Undefined variable: publicidadePost
/home/universodanotici/public_html/themes/news_2018/noticia.php

Erro na Linha: #425 :: Trying to access array offset on value of type null
/home/universodanotici/public_html/themes/news_2018/noticia.php

Erro na Linha: #426 :: Undefined variable: publicidadePost
/home/universodanotici/public_html/themes/news_2018/noticia.php

Erro na Linha: #426 :: Trying to access array offset on value of type null
/home/universodanotici/public_html/themes/news_2018/noticia.php

O Comitê de Acompanhamento de Situações Emergenciais – CASE de Santa Helena, responsável pelo Auxílio Emergencial Municipal divulgou na manhã desta sexta-feira (06) uma nota de esclarecimento sobre o tema que ganhou notoriedade durante a semana, após a suspensão dos trabalhos do órgão.

Confira a nota na íntegra:

 

Nota de Esclarecimento

''O Comitê de Acompanhamento de Situações Emergenciais – CASE de Santa Helena, vem publicamente esclarecer os fatos acerca da liminar concedida pela Justiça Eleitoral ao partido MDB – Movimento Democrático Brasileiro, que determinou a paralisação da convocação dos santa-helenenses cadastrados para receberem o auxílio mensal de R$ 700,00 conforme consta na Lei Municipal Nº 2.810/2020.

É fato que o Comitê decidiu em reunião ordinária divulgar uma lista com os nomes das pessoas que estão com documentação pendente com o objetivo de localizar estes incritos para que não haja questionamentos posteriores e seja seguido o princípio da transparência que rege este Comitê desde o ato de sua intituição.

Ressaltamos que, de acordo com o Decreto Nº 284 de 15 de julho de 2020, fazem parte deste Comitê de acompanhamento de situações emergenciais, integrantes das secretarias municipais e também, do Conselho de Assistência Social, Poder Legislativo, Rotary Club, Acisa, Provopar, APAE e Lions Club, o qual tem como presidente Sonivete Bergamini.

Há de se destacar que entre as principais premissas deste órgão, estão a transparência imparcialidade vedando-se interferências políticas de quaisquer esfera, primando-se sempre pela aplicação correta dos recursos públicos e o cumprimento do objetivo principal desta Lei que institui o auxílio emergêncial municipal que é: amparar as pessoas consideradas em vulnerabilidade social e que foram afetadas economicamente pela pandemia do coronavirus.

Dito isso, finalizamos afirmando que não concordamos com a associação do auxílio à práticas eleitoreiras e lamentamos que a lisura deste comitê formado por integrantes da sociedade e que trabalham de maneira voluntária tenha sido colocada em dúvida.''

Santa Helena, 06 de novembro de 2020.

Atenciosamente,
Sonivete Bergamini

 
Confira AQUI a íntegra da Ação de autoria do Diretório Municipal do MDB.
 
teste 3

Fonte

Da Redação
  • COMPARTILHE

Comitê se manifesta sobre suspensão da convocação de inscritos no Auxílio Emergencial solicitada pelo MDB

06/11/2020 15:16


O Comitê de Acompanhamento de Situações Emergenciais – CASE de Santa Helena, responsável pelo Auxílio Emergencial Municipal divulgou na manhã desta sexta-feira (06) uma nota de esclarecimento sobre o tema que ganhou notoriedade durante a semana, após a suspensão dos trabalhos do órgão.

Confira a nota na íntegra:

 

Nota de Esclarecimento

''O Comitê de Acompanhamento de Situações Emergenciais – CASE de Santa Helena, vem publicamente esclarecer os fatos acerca da liminar concedida pela Justiça Eleitoral ao partido MDB – Movimento Democrático Brasileiro, que determinou a paralisação da convocação dos santa-helenenses cadastrados para receberem o auxílio mensal de R$ 700,00 conforme consta na Lei Municipal Nº 2.810/2020.

É fato que o Comitê decidiu em reunião ordinária divulgar uma lista com os nomes das pessoas que estão com documentação pendente com o objetivo de localizar estes incritos para que não haja questionamentos posteriores e seja seguido o princípio da transparência que rege este Comitê desde o ato de sua intituição.

Ressaltamos que, de acordo com o Decreto Nº 284 de 15 de julho de 2020, fazem parte deste Comitê de acompanhamento de situações emergenciais, integrantes das secretarias municipais e também, do Conselho de Assistência Social, Poder Legislativo, Rotary Club, Acisa, Provopar, APAE e Lions Club, o qual tem como presidente Sonivete Bergamini.

Há de se destacar que entre as principais premissas deste órgão, estão a transparência imparcialidade vedando-se interferências políticas de quaisquer esfera, primando-se sempre pela aplicação correta dos recursos públicos e o cumprimento do objetivo principal desta Lei que institui o auxílio emergêncial municipal que é: amparar as pessoas consideradas em vulnerabilidade social e que foram afetadas economicamente pela pandemia do coronavirus.

Dito isso, finalizamos afirmando que não concordamos com a associação do auxílio à práticas eleitoreiras e lamentamos que a lisura deste comitê formado por integrantes da sociedade e que trabalham de maneira voluntária tenha sido colocada em dúvida.''

Santa Helena, 06 de novembro de 2020.

Atenciosamente,
Sonivete Bergamini

 
Confira AQUI a íntegra da Ação de autoria do Diretório Municipal do MDB.
 
Fonte: Da Redação

Publicidade